Cantarele: Política, Cantos e Poesias

14 de julho de 2019 0 Por Jonas Filho

O Bar do Cantarele é conhecido por agregar a intelectualidade e a boa malandragem caxiense, numa mistura sadia e gostosa de se ver e de conviver.
Sou frequentador assíduo desta jóia e mesmo antes de morar na Princesa do Sertão, já ia sempre bater o ponto todas as vezes que chegava na terra do poeta Gonçalves Dias.
Fiz amigos e mantenho um convívio cortês e aprazível com todos aqueles com os quais tive oportunidade de conhecer no Canta, apelido carinhoso dirigido ao proprietário Edvar Moura, o famoso Cantarele.
Desejo vida longa a este local que representa muito aqueles que amam a boemia, e sobretudo apreciam o bom papo regado à cerveja gelada e a um bom tira-gosto.

Por lá passam todas as classes sociais, como políticos, médicos, advogados, empresários, funcionários públicos, como também os amantes de uma Boa loira gelada.
O Cantarele é um daqueles locais que você torce para chegar e sofre quando vai sair.
Sinto uma vontade constante de ir pelo menos aos sábados ou domingos, de ir tomar aquela cervejinha antes do almoço.
Rever amigos e falar sobre o cenário político semanal.
Lá é um lugar inspirado, onde se tem a certeza que o espírito poético dos antepassados ronda as cercanias daquele espaço boêmio.
Cantarele: Política, Cantos e Poesias


(Visualizações: 118 vezes | 1 visitas hoje)