Colesterol mata? Por Dr.Magno Magalhães

23 de junho de 2019 0 Por Jonas Filho

Há décadas se divulga no meio científico que o colesterol seria o grande causador das doenças cardíacas, em especial , o grande implicado na origem do infarto agudo do miocárdio, o famoso ataque do coração.


Porém, o que pouco se divulga é que isso não é uma verdade de fato…
Metade das pessoas que tem infarto possuem colesterol normal! Exatamente isso que você acabou de ler, as pessoas estão infartando por outros motivos e são levadas a crer que tomando remédios para baixar seu colesterol podem melhorar sua saúde, e inclusive prevenir uma doença cardíaca.


O colesterol serve de base para a produção dos hormônios sexuais(masculinos e femininos), para a produção de vitamina D( substância que regula mais de 10% de todos os nossos genes) e estruturam as nossas membranas celulares, só citando alguns dos seus benefícios.


Talvez você esteja se perguntando agora o porquê do seu médico insistir em passar uma medicação ´para baixar seus níveis de colesterol, e a resposta é muito simples: há fortes interesses na venda de substâncias que faturam bilhões de dólares ao ano com esse poderoso comércio.


Os efeitos colaterais de tais substâncias superam em muito os seus benefícios e algumas sintomas como fraqueza muscular, perda de memória, baixa libido e depressão podem estar relacionados ao uso contínuo das estatinas( classe de medicamentos como sinvastatina, pravastatina, atorvastatina, entre outras, que baixam o colesterol).


Há outros parâmetros mais fidedignos para pesquisa de risco de infarto, como a dosagem de homocisteína. Alguns setores da Medicina começam a reconhecer a real importância do colesterol e tratá-lo não mais como um vilão, mas como um verdadeiro amigo do peito.


(Visualizações: 52 vezes | 1 visitas hoje)