Maior perseguidor da imprensa livre do Maranhão diz que é contra a censura.

31 de maio de 2019 0 Por Jonas Filho

Antes mesmo de assumir o cargo de governador do Estado do Maranhão, ainda quando só era candidato, Flávio Dino já iniciava um acúmulo de processos contra jornalistas, radialistas e blogueiros que o denunciavam ou criticavam sua forma autoritária de fazer política bem ao estilo comunista.
Contra o jornalista Luis Cardoso, que não reza na cartilha comunista, foram vários processos, inclusive um em que obriga o profissional da imprensa a pagar R$ 20 mil por danos morais. Em uma ação eleitoral, quando a Corte do TRE condenou Luis Cardoso a pagar R$ 53 mil, o TSE, através da sua presidente ministra Carmem Lúcia, cassou a decisão. Que feio para os membros do TR!

Agora, Flávio Dino busca uma condenação criminal do titular do Blog do Luis Cardoso para que o jornalista seja preso e o site fechado. Como imagina que tem o controle do TJ-MA, acha possível realizar seu sonho. Esquece que tem as instâncias superiores que não compactuam com a censura e o fim da liberdade de imprensa.

Agora, para querer aparecer nacionalmente, o censor Dino esquece que tenta colocar comunicadores na cadeia no Maranhão e posa de defensor das liberdades lá fora como parte de sua campanha para presidente da República.


(Visualizações: 26 vezes | 1 visitas hoje)