” Meu coração é vermelho”

5 de fevereiro de 2020 0 Por Jonas Filho

Ontem em entrevista à uma rádio na capital ludovicense, o prefeito de Caxias, Fábio Gentil disse que seguirá ordem de Dino. O vice-governador, Carlos Brandão, filiado ao PRB, o 10 do prefeito caxiense, é o sucessor natural ao cargo máximo no Estado, porém o senador Weverton Rocha também disputa a vaga no grupo dinista.
O mais curioso disso tudo é que FG afirma peremptoriamente a sua fidelidade extrema ao governador, mesmo após a vinda de Márcio Jerry a Caxias para sacramentar o nome de Adelmo Soares como o candidato da preferência do comunista maior do Estado.
É infantilidade, para não dizer outra coisa, achar que a indicação de Soares não tenha passado pelo crivo de Flávio Dino, e mais imberbe seria crer que o alcaide caxiense engoliu a escolha de Adelmo como o candidato indicado pelo Palácio dos Leões.
Intrigas, dores de cotovelo e traições à parte, o certo é que a disputa em Caxias já anuncia o que ocorrerá em 2022. De um lado a dobradinha Fábio Gentil e Carlos Brandão, e do outro Adelmo Soares e Weverton Rocha. Quem vencer o embate em 2020 em Caxias, sairá mais forte para seguir junto com o projeto de eleger o próximo governador, no entanto se Fábio Gentil se reeleger é muito pouco provável que ele venha a seguir a indicação dos comunistas, porque o coração deles é vermelho, ” e de vermelho vive o coração!”.


(Visualizações: 203 vezes | 1 visitas hoje)