O Fiscal arregou?

Bem que me disseram que esse negócio de fiscal não ia dar certo!

Segundo boatos nas esquinas de Caxias, o vereador Daniel Barros teria abdicado da disputa para o cargo de prefeito de Caxias. A renúncia faz parte da grande impopularidade obtida pelo Fiscal, e alguns analistas avaliam que o crescimento estagnou e não há mais condições para Barros se manter no páreo para a eleição majoritária.
Daniel tem confessado a amigos mais próximos que não desistirá da disputa, mas a novela certamente irá terminar nas convenções, pois até lá a definição de candidatura terá que acontecer, tirando assim toda e qualquer dúvida sobre os candidatos reais para o embate para prefeito no dia 6 de outubro.
Os seus apoiadores e pré-candidatos a vereadores agora terão que aturar Barros na disputa por uma vaga ao plenário Edison Vidigal, situação até ontem tranquila aos proponentes ao cargo de edil que estavam ao lado do Fiscal. Se Daniel insistir em sair pela tangente e arregar, deixará seus fiéis seguidores órfãos e perderá uma legião de fãs, pois a sua estratagema principal era ser candidato à prefeitura de Caxias. O clímax se deu após a apresentação da famigerada carta aberta à população caxiense, onde vários pré-candidatos a prefeito da oposição diziam que o melhor colocado seria o escolhido para a disputa eleitoral.
Agora Barros se vê num mato sem cachorro, onde se correr o bicho pega e se ficar o bicho come.


Visualizações: 316 vezes | 1 visitas hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estatísticas
  • 1.051.753
Arquivos