Pátria deseducadora

Conforme pesquisa divulgada pelo G1, 58% dos entrevistados reprovam e 15% aprovam a atuação do governo federal na área da educação. O levantamento foi realizado em junho pela Organização Todos pela Educação e pelo Grupo Idea Big Data, tem abrangência nacional e margem de erro de 3,15 potos percentuais.Estes dados não surpreendem porque tudo no Brasil é motivo para discussões sérias, menos educação…Os países que se desenvolveram e se tornaram potências, levaram a educação como prioridade número 1.Aqui, no entanto, ainda se trata educação mais como um tema qualquer, do que uma condição precípua para o real desenvolvimento nacional.Monteiro Lobato,o criador do Sítio do Pica-Pau Amarelo, dizia que “Um país se faz com homens e livros”, realidade ainda a ser construída no Brasil. Aqui a média per capita, ou seja por cabeça, é de 2.9 livros/ano. Na França, o número é de 7 obras por ano, nos Estados Unidos é de 5.1 e na Inglaterra é de 4.9 livros.Levantamento feito pelo banco Mundial aponta que os estudantes brasileiros levarão 260 anos para atingir a qualidade de leitura dos países desenvolvidos.Enquanto tivermos parlamentares fazendo leis para aprovar leis inúteis, é pouco provável que um dia cheguemos à excelência na leitura.


Visualizações: 139 vezes | 1 visitas hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estatísticas
  • 1.046.616
Arquivos