Paulo Marinho vai a São Luis tratar do desenvolvimento do Leste Maranhense

26 de julho de 2020 1 Por Jonas Filho

O Presidente do PSDB de Caxias, ex-prefeito Paulo Marinho reuniu-se em São Luís com o líder do PSDB no Senado e atual Corregedor Roberto Rocha. Paulo Marinho e Roberto Rocha são amigos e correligionários . Na pauta o desenvolvimento do Leste do Maranhão. Projetos focados em atividades capazes de transformar a realidade de pobreza e sub-desenvolvimento regional foram exaustivamente discutidos. Tanto Paulo Marinho quanto Roberto Rocha apostam no potencial da região e defendem dois caminhos: a educação e a geração de empregos e negócios como forma de alavancagem económica do Leste. “Roberto é o Presidente da Comissão da Reforma Tributária. Tem influência e prestígio no governo, precisamos aproveitar esse momento para alavancar os projetos que sejam capazes de alterar essa realidade de pobreza e miséria que grassa no Maranhão” Explica Paulo Marinho. Dentre os projetos discutidos estão alguns que aproveitam a logística de Caxias que conta com ferrovia, Rodovia e hidrovia sendo a única cidade do meio norte banhada simultaneamente pelos rios Itapecuru e Parnaíba. O Porto Seco, a Universidade Federal do Leste, o novo polo de grãos, e a hidrovia que interliga o Parnaiba ao Itapecuru foram matérias discutidas no encontro. “Caxias hoje sustenta o Piauí economicamente. São milhares de caxienses consumindo em Teresina diariamente, lá ficam os impostos e o salário, precisamos igualmente inverter esse fluxo” explica o ex-prefeito, tido como a maior liderança popular da cidade. “Estou ajudando o povo maranhense viabilizando emendas, recursos federais, e pensando os grandes projetos como a ZEMA, Caxias está dentro as nossas prioridades. Desenvolver o Maranhao e o Leste é prioridade” assegurou o senador. “Uma coisa a gente sabe: o Paulo é o único político dessa região que fomenta e traz os grandes projetos. Acredito que junto com o senador Roberto Rocha conseguirão trazer esses projetos que falam aqui. Vejo o Porto Seco , a Hidrovia e a Uni-Leste como esteios que mudarão a realidade da região” comentou o professor Leocádio Magalhães. O contra-ponto a tudo isso é o distrito Industrial de Caxias, que se encontra abandonado pelo governo do estado.


(Visualizações: 98 vezes | 1 visitas hoje)