Sem Hermando a saúde ficará melhor?

Após a demissão do secretário adjunto de Saúde, Hermando Moura, espera-se, pelo menos é o que cogita nos corredores do poder, um melhor tratamento e resoluções de pendências antigas na pasta.HM é conhecido pelo jeito difícil e arrogante, pois por conta desse perfil não teria havido uma convivência harmoniosa entre o prefeito interino, Paulinho,  e o ex-secretário. Fala-se nas esquinas de Caxias, que o filho de HM, que é médico, será candidato a vereador em 2020. Se realmente isso acontecer, o prefeito Fábio Gentil terá 2 candidatos oficiais do clã, notícia que desagrada de forma contumaz ao alto e ao baixo clero legislativo caxiense.O ex-secretário diria em uma roda fechada que não abre mão da eleição do rebento e que não mediria esforços, nem dinheiro para alcançar tal intento.HM ao que parece, continuará sendo uma eminência parda no governo, mesmo sem o cargo de adjunto, pois para manter firme o intuito de disputar uma vaga na Câmara de Vereadores, tem que dispor de espaços na Viúva, onde nem só o vil metal garante uma vitoria nas urnas.


Visualizações: 314 vezes | 1 visitas hoje

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Estatísticas
  • 1.032.886
Arquivos